Logótipos em análise: Tratado de Lisboa

.

.

TratadoLisboa

.

.

O logótipo em questão é o que vemos na figura em cima, este símbolo foi criado para o evento do Tratado de Lisboa.  Não é recente, visto que foi apresentado em 2007 pela altura da cimeira do Tratado em Lisboa mas está de novo presente nos nossos ecrãs de televisão, jornais e revistas. Desde a primeira impressão algo nos pareceu incorrecto, a palavra Lisboa estava adulterada, parecia estranha de alguma forma. Não foi necessária uma análise muito cuidada para perceber que o que tínhamos à frente era mais aproximado da palavra LisboaL do que de Lisboa. O recurso ao enquadramento da palavra entre dois ângulos rectos levou os criadores desta marca a acrescentar no término da letra A uma espécie de L inverso, esta modificação transformou indubitavelmente a palavra inicial e converteu-a num signo estranho e pouco legível. Esta situação agrava-se se tivermos em conta que este logótipo é visto pela Europa inteira e até  pelo mundo inteiro, pessoas que não estão familiarizadas com a nossa língua e que, muitas delas, vão certamente achar que Lisboal é a capital do nosso país.

O restante trabalho gráfico ligado a este tratado tem um nível muito alto, os criadores  optaram por usar a imagem elaborada para presidência portuguesa da União Europeia.

.

.

650798697_04d7623c8d_o

.

.

A equipa que criou este logótipo em cima que logicamente será  a mesma que criou o logótipo do tratado não manteve a consistência existindo um profundo desnivelamento gráfico entre as duas, este ícone da flor está muito bem conseguido e foi utilizado para formar a bandeira de cada país com uma composição  rica em transparências e sobreposições.

.

.

20080312_flor_cor_pp_sp

.

.

Consideramos este trabalho um flop no panorama da exportação de uma imagem de seriedade e competência de Portugal para os olhos do mundo, devia ter havido uma maior consciência da abrangência do logótipo que é como já dissemos, global.

Um trabalho que vai ser apercebido por um grande número de pessoas de outras línguas tem que primar pela legibilidade acima da aparência, será que a capital de Portugal se tornou Lisboal ou Lisbonl por esse mundo fora?

.

.





Blog Logótipo.pt

Pretendemos fazer uma analise descontraída ainda que convicta dos nossos trabalhos e também dos trabalhos de outros designers...

Tentamos sempre ver os pontos positivos de cada caso e de igual forma os pontos negativos e expô-los perante o leitor que pode comentar os nossos textos e participar com a sua opinião acerca do que criticamos e do que criamos.


site.pt

Artigos Relacionados



Um comentário em “Logótipos em análise: Tratado de Lisboa

Comente ou deixe a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *