Novidade Logótipos: Cimeira de Copenhaga

.

.

Está aí a imagem da Cimeira de Copenhaga, um evento de grande importância para o futuro do nosso planeta, isto é, se os países mais renitentes em aceitar que a natureza é mais importante que o capital tomarem consciência disto. Os Estados Unidos  da América encabeçam o problema, com uma população de 5% do total global produzem níveis de poluição na ordem dos 25% do total global! É um grande passo para a humanidade se sair desta cimeira resoluções que travem o deterioramento que vemos acontecer todos os dias.

Passando a assuntos mais técnicos, o logótipo da cimeira está bem conseguido. Vemos nele um planeta que é um emaranhado de fios, um jogo intrincado de inter-relações, um sem número de acontecimentos que geram um novelo confuso e caótico.  Pensamos que houve por parte do estúdio de design uma preocupação em relação à economia de meios na elaboração desta marca, tanto o símbolo do globo como a tipografia utilizada são formados por linhas finas muito depuradas.

.

.

5502239_TGjJh

.

.

De igual modo na publicidade do evento vemos linhas muito contidas, de um essencialismo gráfico que nos leva a pensar na tinta que se poupou a produzir estes suportes publicitários. É com contentamento que vemos a preocupação acerca da nossa sustentabilidade como humanidade ser levada ao design gráfico e ser aplicada com coerência num evento que visa esse assunto.

.

.

bellacenter

.

.

Estamos no bom caminho, esperemos que o “sacralizado” presidente dos E.U.A. queira ajudar neste processo ao aceitar as sugestões que o mundo tem para lhe dar.

.

.





Blog Logótipo.pt

Pretendemos fazer uma analise descontraída ainda que convicta dos nossos trabalhos e também dos trabalhos de outros designers...

Tentamos sempre ver os pontos positivos de cada caso e de igual forma os pontos negativos e expô-los perante o leitor que pode comentar os nossos textos e participar com a sua opinião acerca do que criticamos e do que criamos.


site.pt

Artigos Relacionados



Comente ou deixe a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *