Novo logótipo da Federação Portuguesa de Surf

fps-actualDepois da ASP – Association of Surfing Professionals ter reformulado o seu logótipo chega a vez da FPS – Federação Portuguesa de Surf .

Este novo design caracteriza-se por ter uma forma circular e as quinas nacionais no centro dispostas em cruz.
O projecto esteve ao cargo da Goma  uma empresa com um bom portefólio  em todo o tipo de design gráfico.

fps-antigoO logótipo anterior (em cima) estava francamente datado, este mostrava um brasão verde com as quinas em azul escuro, um surfista a descer a parte curva à esquerda, a sigla FPS a encimar o conjunto e o título por extenso por baixo do mesmo. A tipografia da sigla era do estilo “ficção científica” que não conseguimos encontrar o nome, a do título por extenso era a clássica ITC Bauhaus. As cores nacionais estavam bem explícitas apesar de proporcionarem um contraste pouco harmonioso com o azul escuro dos restantes elementos.

Concordamos que era tempo de mudar, o logótipo anterior já tinha muito tempo e a FPS recentemente elegeu um novo presidente, é normal que este queira fazer transformações.  Todavia  o novo logótipo parece-nos desequilibrado, pouco representativo e sem personalidade. A imagem assemelha-se a um esboço inicial do que poderia ser  e que será trabalhado para atingir todo o seu potencial.

fps-horizontalversão horizontal

A FPS tutela vários desportos, desde o Surf até ao Skate passando pelo Bodyboard, Skimboard, Longboard e Kneeboard. Parece-nos que o estúdio Goma quis fazer um trabalho no qual a FPS não se comprometesse graficamente com nenhum dos desportos que representa dando apenas um pouco de primazia ao Surf que lhe dá o nome. Era um objectivo difícil e pensamos que neste caso não foi conseguido. O logótipo à primeira vista diríamos que tem mais a ver com uma federação de algum desporto de “bola” pela sua forma, aliás fez-nos lembrar ligeiramente o antigo logótipo da Federação Portuguesa de Andebol. O logo anterior demarcava-se melhor neste aspecto porque utilizava a imagem do surfista a “dropar” e tinha a forma do brasão em vez do círculo.

FPAndebolA geometria deste logo é como já foi referido marcada pelo círculo, as quinas estão centradas e o equilíbrio não é conseguido devido ao corte feito à direita para indiciar a crista de uma onda. Este corte faz com que a mancha gráfica tenha muito mais peso à esquerda o que faz derrubar o equilíbrio da composição agravado por alguma falta de rigor na disposição das quinas.

cave-ericeira (2)

Outra característica do logo que é um pouco intrigante é a escolha das cores, normalmente as cores nacionais (verde e vermelho) são representadas neste tipo de instituições  mas aqui vemos um azul esverdeado que possivelmente tem origem na cor típica do mar mantendo-se um vermelho (escuro) das quinas.

Quanto à tipografia pensamos que é a Alright Sans um tipo de letra bem desenhado mas que mais uma vez não tem personalidade e facilmente pode ser confundida com a Arial ou a Helvetica.

Achamos que uma federação que representa um conjunto de desportos onde a irreverência, vitalidade e originalidade é notória deveria ter um logótipo mais rebuscado e criativo. O estúdio Goma ficou aquém do seu potencial e a FPS ficou com uma imagem aquém do seu valor.





Blog Logótipo.pt

Pretendemos fazer uma analise descontraída ainda que convicta dos nossos trabalhos e também dos trabalhos de outros designers...

Tentamos sempre ver os pontos positivos de cada caso e de igual forma os pontos negativos e expô-los perante o leitor que pode comentar os nossos textos e participar com a sua opinião acerca do que criticamos e do que criamos.


site.pt

Artigos Relacionados



Comente ou deixe a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *