“Save your Logo” – Lacoste ‘salva’ o crocodilo

logotipo lacoste

Campanha ‘Save Your Logo‘ mobilizou a famosa marca, empenhada em contribuir para  proteger a biodiversidade

Famosa pelo seu logo – o já mítico crocodilo – a Lacoste deu mais um passo na sua política de responsabilidade social e foi a primeira marca a apoiar a campanha ‘Save Your Logo’.

Uma campanha lançada pelo GEF), o Banco Mundial e a International Union for Conservation of Nature, que convida empresas e outras instituições a protegerem o animal ou a planta que têm no seu logótipo e assim contribuírem para a protecção da biodiversidade.

“Com esta iniciativa esperamos criar novas parcerias com o sector privado. Muitas empresas têm beneficiado com as centenas de plantas e animais em torno das quais construíram as suas marcas. Com a crise da biodiversidade que se vive no planeta, é hora de as marcas devolverem parte do que ganharam se querem que os seus logos não desapareçam”, afirmou Monique Barbout, presidente-executivo do GEF, na apresentação da campanha.

“A Lacoste é a marca mais associada a um animal. O crocodilo faz parte da nossa história e da nossa identidade e é óbvia a razão por que participamos neste projecto” disse fonte da empresa.

Desta forma, a Lacoste vai doar por ano (e até 2013) 350 mil euros para preservar o ‘seu’ crocodilo, que está em vias de extinção. A selecção dos projectos a apoiar cabe ao GEF e tanto pode ser a criação de quintas como de ‘habitats’ protegidos para que os animais se possam reproduzir, evitando, assim, a sua extinção.

Outras Marcas que já aderiram a esta causa:

Olympique_Lyonnais


Maaf-logo






Blog Logótipo.pt

Pretendemos fazer uma analise descontraída ainda que convicta dos nossos trabalhos e também dos trabalhos de outros designers...

Tentamos sempre ver os pontos positivos de cada caso e de igual forma os pontos negativos e expô-los perante o leitor que pode comentar os nossos textos e participar com a sua opinião acerca do que criticamos e do que criamos.


site.pt

Artigos Relacionados



Comente ou deixe a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *